As suas opções para os cookies deste Website

Os cookies são essenciais para o bom funcionamento dos nossos sites.
Utilizamo-los para melhorar a sua experiência de utilizador e, em particular, para salvaguardar os seus identificadores. Asseguramos assim a confidencialidade dos seus dados, de modo a criar estatísticas que otimizem as funcionalidades do nosso site, e para lhe oferecer conteúdos cada vez mais relevantes. Clique em "Aceitar e continuar" para aceitar o funcionamento dos nossos cookies e continuar a navegar, ou em "Saiba mais" para aceder aos detalhes dos tipos de cookies e optar por desactivar alguns deles enquanto navega. Saiba mais

  • Serviço de apoio ao cliente keyboard_arrow_down
0805 280 201 Ligação gratuita
done Seu endereço foi salvo
close
error_outline E-mail inválido
close
Experimente gratuitamente

Blog Mailify: O Email Marketing fácil de usar

Dicas para melhorar suas newsletters, atualidades sobre o nosso produto e tudo sobre e-mail marketing.

Criar uma newsletter: Guia e exemplos

Criar uma newsletter: Guia e exemplos

Para saber como criar uma newsletter realmente eficiente, você precisa de ter em conta certos recursos que nos ajudam a aumentar as taxas de abertura e conversão.

A newsletter é uma mensagem digital que é enviada através de ferramentas de email marketing como Mailify. Pode conter diferentes tipos de informação, dependendo dos objectivos definidos. 

Este email é enviado para uma lista de contactos que fizeram a subscrição voluntariamente. Quanto à frequência: pode ser semanal, mensal, trimestral … tudo depende das necessidades de cada empresa. Contudo, é importante que essa frequência seja respeitada. Só assim conseguimos ser constantes com a nossa comunicação.

É uma das ações mais eficazes para ter uma ligação direta com o cliente, expandir a informação sobre um produto específico, comunicar as suas ofertas ou notícias, e assim por diante. Também é muito útil para trazer tráfego de qualidade para o seu website – incluindo CTA’s.

O universo digital está em constante mudança, mas as técnicas básicas de envio de emails e newsletters continuam a ter o mesmo potencial de sucesso. A sua relação custo/benefício é tão significativa que os profissionais de marketing não perdem a oportunidade de aproveitar as suas vantagens, de modo a valorizar as suas marcas.

Como criar uma newsletter eficiente em 7 passos

1. Defina um objetivo

A primeira coisa que deve fazer é definir o objectivo que pretende alcançar com o envio da sua newsletter. Eis alguns exemplos: fidelizar clientes, destacar uma oferta, gerar mais vendas de um determinado produto/serviço, etc. A partir daqui, você terá uma visão geral sobre como definir o tipo de conteúdo, tal como imagens, links ou CTA’s que serão incluídos na mensagem.

2. Empregue assuntos atrativos

O assunto é de grande importância, visto que afeta diretamente a taxa de abertura. É o primeiro passo para atrair a atenção do destinatário e incentivá-lo a ler o nosso conteúdo.

É vital dedicar tempo à redação de um bom assunto, debater várias possibilidades, escolher as mais adequadas e utilizar os testes A/B para verificar a sua eficácia.

O que caracteriza um bom assunto?

  • Deve ser conciso, direto e contar, no máximo, entre 50 ou 55 caracteres. Isto para que possa ser exibido na totalidade em provedores de email como o Gmail, Hotmail e Yahoo. O assunto deve conter as principais informações ou vantagens do email e, na medida do possível, no início da frase.
  • Não use spam words como grátis, sem custo, urgente, milionário… assim você evita cair na tão temida caixa de correio não desejado. Também não é recomendável usar exclusivamente letras maiúsculas ou caracteres especiais.
  • Você pode usar o título da mensagem principal como assunto e/ou adicionar palavras que atraiam a atenção do usuário (ex: «NOVO»).
  • Escreva tópicos como «7 dicas para perder gordura localizada» ou perguntas como «Você quer perder os quilos que ganhou no verão?”. Outra boa ideia é criar situações que primam pela urgência, como «Último dia de saldos».
  • Utilize emojis que se encaixam no tema. Eles vão ajudar a tornar o seu negócio mais divertido e a aumentar a taxa de abertura. São recomendados para dar relevância, para transmitir uma emoção, para enfatizar uma ideia ou para contar uma história. Porém, tenha cuidado para não abusar desta prática: é necessário alcançar um equilíbrio adequado para ser eficaz.

3. Construa uma base de destinatários de qualidade

A rentabilidade e a eficácia de uma newsletter baseiam-se, em grande medida, na qualidade da base de destinatários para a qual será enviada. Este é o fator que mais influência exerce sobre o sucesso da sua newsletter, mais ainda do que o seu design ou a qualidade dos seus CTA’s.

Mas então, o que é uma base de dados de qualidade?

Aqui estão algumas coisas a ter em conta quando configurar o arquivo da lista de contatos da sua newsletter.

  • Uma recolha saudável para uma base saudável

Uma das ações mais importantes passa pela recolha de dados. Uma base de qualidade é um conjunto de contatos que subscreveram conscientemente o seu programa de newsletter para receber o conteúdo interessante que lhes prometeu (daí a importância de manter esta promessa, à medida que o envia). É igualmente crucial, de um ponto de vista legislativo, obter o consentimento dos destinatários e ter provas do mesmo, a fim de lhes poder enviar emails.

  • Recolha só a informação necessária

Em segundo lugar, a informação que você pede durante esta recolha será crucial para o seu sucesso. Se pedir demasiada informação, terá muito poucas inscrições. Por outro lado, se você não pedir informação suficiente, será difícil segmentar a sua base de dados e personalizar as suas mensagens. Portanto, você deve pensar cuidadosamente sobre as informações que solicita aos seus potenciais clientes neste momento, através do formulário de registo. Para além disso, tenha em mente que mais tarde você será capaz de realizar campanhas que irão ajudá-lo a obter mais detalhes.

  • Faça limpeza da sua base de dados regularmente 

É essencial manter a sua base de dados atualizada. Isto significa, por um lado, que deve sempre se certificar de que os endereços de email que a compõem ainda são válidos e, por outro lado, que é necessário controlar a eventual inatividade dos seus contatos.

Habitue-se a procurar endereços não utilizados e a removê-los da sua base de dados. Lembre-se também de apagar regularmente os contatos mais inativos. Assim, está a criar e aplicar uma regra para si mesmo, de acordo com suas estratégias. Por exemplo, se um contato não tiver aberto as últimas 5 newsletters, pode considerá-las inativo e removê-lo da lista. Deste modo, evita que este contato vá distorcer as estatísticas da campanha.

Otimizar a sua recolha e a sua lista de destinatários é um passo crucial para o sucesso da sua estratégia de marketing, bem como para a criação de newsletters adequadas e relevantes. Tudo através da segmentação.

4. Determine a frequência do envio

A frequência de envio é um dos fatores que afeta diretamente a ligação que queremos estabelecer com o cliente. Definir uma periodicidade é vital para gerar e manter a lealdade.

Não é uma questão de fazer envios desenfreados. Dessa forma, o efeito obtido será o de saturar os destinatários. Nem é uma questão de fazer um envio tão escasso que fará a sua empresa parecer ausente, pois assim você perderá todas as possibilidades de gerar leads.

Cada marca define a frequência de envios de acordo com as suas necessidades e capacidade de criar e manter campanhas. Por exemplo, se você tem produtos/serviços que são muito competitivos no mercado, certamente será eficaz enviar conteúdo em vários dias da semana. Como sempre, aplicando os princípios da segmentação.

Existem outras marcas que definem uma frequência de envio semanal, quinzenal ou mensal.

Em qualquer caso, é necessário estabelecer um cronograma de envios, onde estejam especificadas as datas, horas e tipos de campanha a enviar (ofertas, newsletter, blog) e analisar estatísticas, como as taxas de abertura e de cancelamento, para determinar se a frequência definida funciona.

5. Inclua conteúdo de qualidade

Use um tom e uma linguagem que correspondam à sua marca e crie conteúdos adaptados aos interesses do seu público. Alguns bons exemplos são:

  • Envie conteúdo publicado no seu blogue, incluindo CTAs e redes sociais, para encorajar os destinatários a tomar uma ação, ou a compartilhar a mensagem nos seus perfis.
  • Se você quiser gerar mais conversões, faça envios com formulários de subscrição incluídos. Assim, você incentiva as pessoas a se inscreverem para um webinar ou a comprarem um ebook.
  • Para fidelizar, é necessário compartilhar conteúdo valioso sobre a marca ou um produto/serviço, como as últimas notícias e atualizações.

Você deve evitar a criação de um e-mail com muitos links, pois certamente não irá obter a eficácia que está procurando. Recomenda-se também que não exceda os 2 ou 3 CTA’s. 

6. Utilize o design responsivo

Otimize o conteúdo para que ele possa ser visualizado em qualquer tipo de dispositivo. Lembre-se que a maioria das pessoas usa o celular para verificar os emails. Portanto, é importante fazer os testes adequados para verificar se a organização de textos, imagens, títulos são apropriados e podem ser exibidos corretamente.

Algumas ferramentas de email marketing, como Mailify, incluem uma variedade de modelos responsivos pré-concebidos, totalmente personalizáveis através do seu EmailBuilder intuitivo e «Drag&Drop». Com apenas alguns cliques, você pode modificar o template escolhido e alcançar os resultados tão desejados. 

7. Meça os resultados dos seus envios 

O nível de detalhe das métricas oferecidas pelo email marketing é uma grande vantagem que devemos aproveitar ao máximo. Se as analisarmos adequadamente, teremos melhores ferramentas para tomar ações estratégicas e aumentar a probabilidade de aberturas e conversões da nossa newsletter.

  • As estatísticas “clássicas”

Entre os números mais comuns, a taxa de abertura e a taxa de cliques são as mais consultadas. Estas funcionam como um diagnóstico geral do desempenho das campanhas de email marketing. Em geral, tentamos atingir uma taxa de abertura de cerca de 25%. A taxa de cliques permite-lhe avaliar a localização correta dos CTA’s e o interesse gerado pelo conteúdo da newsletter.

  • Estatísticas avançadas

Às vezes, é interessante investigar os detalhes das estatísticas fornecidas pelo software de email marketing. Com Mailify, por exemplo, você pode descobrir o tempo médio de leitura que os destinatários levam para ler a mensagem.

Também pode ver quantos destinatários abriram a sua newsletter a partir de um telemóvel ou de um computador, com que email, e através de que sistema operativo. Esses dados podem ajudá-lo a entender melhor os seus destinatários, bem como os seus hábitos de leitura. 

Os relatórios estatísticos são essenciais no envio de emails, para que possa melhorar continuamente e calcular a rentabilidade das suas newsletters.

Não hesite em realizar testes A/B para comparar duas versões dos seus emails numa amostra representativa da sua base de dados, a fim de determinar a versão mais pertinente e promissora.

 

Exemplos ou modelos de newsletter

Existem diferentes tipos de newsletters que você pode usar de acordo com as necessidades específicas da sua marca. Você também pode combinar os diferentes formatos na estratégia de conteúdo para oferecer variedade na informação. A saber:

Newsletter informativa

É um tipo de newsletter orientado para o envio de conteúdo relacionado com o funcionamento da empresa, a sua atividade, os novos produtos ou serviços que vem trazendo para o mercado. É um dos formatos mais utilizados hoje em dia e é fundamental para criar relacionamentos de longo prazo e fidelizar o público.

O nosso template Behuman é uma excelente opção para criar este tipo de newsletter, permitindo-lhe inserir imagens em destaque e uma boa quantidade de texto.

behuman newsletter

 

Newsletter promocional

Centra-se na promoção e venda de produtos e serviços. Inclui ofertas, descontos e novidades. É aconselhável usá-lo com moderação para não saturar os destinatários.

O modelo Newvog é perfeito para suas newsletters promocionais, pois permite que você inclua diferentes imagens dos seus produtos com o preço e o CTA, que levará o leitor para a sua loja online.

new vog newsletter

 

Newsletter educativa

Esta newsletter destina-se a educar os contatos sobre o funcionamento, utilização ou atualização de produtos ou serviços. É compatível com o envio de tutoriais ou guias de usuário, que são muito úteis para envolver novos clientes com conteúdo que deve ser instrutivo.

Dentro da nossa coleção de modelos você encontrará o Startup. O seu design minimalista inclui seções que lhe permitem destacar informações sobre os seus produtos ou serviços.

 

startup newsletter

 

 

Sem comentários

Deixe um comentário


Experimente gratuitamente