done Seu endereço foi salvo
close
error_outline E-mail inválido
close
Experimente gratuitamente

Blog Mailify: O Email Marketing fácil de usar

Dicas para melhorar suas newsletters, atualidades sobre o nosso produto e tudo sobre e-mail marketing.

7 métricas de redes sociais que você deve ficar de olho

7 métricas de redes sociais que você deve ficar de olho

As redes sociais estão as principais formas de marketing digital para qualquer negócio. Mas você sabe como usá-las?

Gerar valor por meio de conteúdo e interagir com os clientes e fãs da marca sempre funciona bem para fortalecer a reputação e aumentar as vendas.

Ainda assim, é preciso ficar atento ao fato de que esses canais mudam constantemente, e de forma imprevisível. Redes que ontem faziam sucesso podem perder a relevância amanhã. São as regras do jogo.

Boas práticas e a chamada “etiqueta” das redes sociais também podem mudar com o tempo. Então, fica a pergunta: como se manter relevante em um canal que muda tão rapidamente?

A análise de métricas é o primeiro passo para não perder a força e a capacidade de inovar. Por isso, vamos falar sobre métricas de redes sociais que você deve ficar de olho.

Métricas de vaidade: o que são e por que tomar cuidado com elas

Sempre falamos da análise de métricas como a única forma de realmente saber o que acontece numa estratégia digital, mas é preciso uma palavra de cautela sobre o assunto.

Muitas empresas se esforçam para acompanhar métricas de forma sistemática, mas ainda assim não veem resultados em suas estratégias. Qual o problema?

Nem sempre está nas ferramentas usadas ou na frequência de análise, mas sim nas métricas escolhidas.

Alguns indicadores são fáceis de medir e até parecem relevantes, mas no fim das contas não dizem nada sobre os resultados que a estratégia almeja conquistar.

É o que chamamos de métricas de vaidade. Seguir esse tipo de indicador pode destruir um planejamento — seja por seguir com algo que não está dando certo ou matar uma tática que está funcionando sem perceber.

Como acompanhar métricas: 4 passos importantes

Pior do que não acompanhar nenhuma métrica de redes sociais seria fazer a análise da forma errada. Isso é perigoso, já que os dados encontrados não refletirem a realidade da estratégia.

Existe um método certo para analisar métricas com sucesso, sem medo de coletar os dados errados, perder tempo e dinheiro com táticas que têm pouco ou nenhum impacto com o seu público.

Há 4 passos essenciais que você precisa seguir, que são:

1. Defina os objetivos

O que você pretende alcançar com seus perfis sociais? Essa é a primeira questão a ser respondida na hora de se planejar para acompanhar métricas relevantes.

Se o seu objetivo é aumentar o engajamento, deve olhar mais para métricas que indiquem participação e interação das pessoas com seu conteúdo. Se quiser mais tráfego ou conversões, o direcionamento muda um pouco.

Além disso, se você tiver diferentes objetivos para cada rede, vai acompanhar diferentes métricas.

2. Escolha as ferramentas

As ferramentas são indispensáveis para garantir a qualidade nas análises, bem como a regularidade do acompanhamento e até o tempo gasto para isso.

Como o objetivo é sempre ser o mais produtivo possível, é importante escolher boas ferramentas, que facilitem a coleta, a compreensão e a transformação dos dados em insights e soluções inovadoras.

É sempre válido aprender a dominar as ferramentas que são disponibilizadas pelas próprias redes. Alguns dos recursos são poderosos e não poderiam ser utilizados em fontes externas — ao menos não gratuitamente.

Mas não se limite às ferramentas de análise embutidas. Existem muitos apps de excelente qualidade (e que cabem nos mais variados orçamentos) para te ajudar a realizar praticamente qualquer análise e otimização necessária.

3. Determine a frequência das análises

O equilíbrio é a chave no que diz respeito a frequência de análise de métricas. Não adianta nada ter as melhores ferramentas e escolher os indicadores certos para cada objetivo se o período de acompanhamento for curto ou longo demais.

Em qualquer dos dois extremos, você correria o risco de coletar dados que não representam a realidade da estratégia e fazer ajustes que deem pouco ou nenhum resultado.

Tenha paciência, não faça análises de poucos dias. Mas também não precisa esperar 6 meses para começar a fazer otimizações.

Uma dica é esperar até que os dados apresentados parem de oscilar. Consistência indica padrão, e padrões refletem de modo mais fiel o que acontece no dia a dia.

4. Transforme dados em insights

Por último, pegue todos os dados encontrados e transforme-os em ideias, grandes e pequenas, simples ou complexas, para implementar agora e no futuro.

Em outras palavras, não deixe que as informações se percam e deixem de ser relevantes. Use-as para criar soluções a curto, médio e longo prazo, se necessário.

Sem o último passo, os outros três são totalmente inúteis, então faça de tudo para colocar o que achou em prática o quanto antes.

As 7 principais métricas de redes sociais para ficar de olho

Você já viu por que é importante fugir das métricas de vaidade, mas se concentrar em indicadores realmente valiosos, e aprendeu a fazer um planejamento preciso de acompanhamento. Mas, quais métricas analisar?

Veja as 7 principais e entenda por que elas são tão relevantes para fortalecer a comunidade online da sua marca:

1. Tráfego gerado

Quantas pessoas estão acessando seu site ou blog por meio dos links ou menções feitas nas redes sociais?

É fundamental acompanhar essa métrica, quer seu objetivo seja criar uma audiência relevante para sua estratégia de marketing de conteúdo ou se deseja aumentar as conversões diretas.

Afinal, gerar tráfego é o primeiro passo para trabalhar o funil de vendas. Então, seja qual for seu objetivo, ele certamente tem relação direta com o tráfego.

2. Volume

O volume mostra o quanto as pessoas estão falando sobre a sua marca nas redes sociais. Obviamente, quanto maior o volume melhor, pois indica alta popularidade, mas é importante associar essa métrica ao tipo de reação das pessoas.

Caso contrário, poderia até se tornar uma métrica de vaidade. Como assim? Pense no seguinte: o índice de pessoas falando da sua marca é altíssimo, mas a maioria está reclamando do atendimento ou da qualidade do produto.

Isso seria terrível! Por outro lado, se o alto volume se deve a interações e compartilhamentos de conteúdo, você está no caminho certo.

3. Retorno sobre investimento

Todo investimento feito em marketing precisa se traduzir, direta ou indiretamente, em aumento nos lucros.

Não importa se isso vai acontecer a curto ou longo prazo, mas precisa haver retorno. Senão, a empresa perde tempo e dinheiro.

O ROI ajuda a determinar exatamente o quanto seus investimentos em redes sociais estão dando retorno.

Só é preciso ter cautela para não fazer um cálculo “cego”, analisando o retorno a curto prazo de uma ação que só vai gerar resultados mais a frente.

4. Taxa de conversão

Toda estratégia digital precisa ser direcionada para conversões. Seu objetivo, definido lá no início, é aumentar a audiência? Então você provavelmente tem uma newsletter.

A meta é conseguir pedidos de orçamento ou fazer com que os fãs se inscrevam para testar seu produto? Então deve ter uma landing page específica para isso.

O ponto é: quantas pessoas se inscrevem na sua newsletter ou na sua landing page a partir das redes sociais? Você vai saber disso por acompanhar a taxa de conversão desses canais.

5. Alcance

O alcance mostra quantas pessoas são impactadas por cada postagem da sua marca. É relevante saber disso para determinar os melhores horários de postagem, bem como a frequência.

Além disso, entender quantas pessoas realmente veem seus posts é importante para que você coloque seu conteúdo na frente de mais pessoas, seja por recorrer de forma estratégica a anúncios ou por usar táticas orgânicas.

Por fim, avaliar o alcance é bom também para entender melhor outras métricas. Por exemplo, caso o tráfego ou o volume estejam baixos, pode não ser por falta de qualidade nos conteúdos, mas por conta de um alcance baixo.

6. Engajamento

O engajamento é parecido com o volume, mas se a métrica anterior mostra o quanto as pessoas falam da sua marca, essa deixa claro o quanto se interage diretamente com ela.

O engajamento é visto por meio de diferentes fatores, como o número de comentários, compartilhamentos e reações positivas.

O importante é manter a sua audiência sempre motivada e participativa, não importa qual seja o tipo de post ou ação promovida nos perfis da marca.

7. Crescimento do canal

O crescimento do canal social em questão é outro importante fator que serve para mostrar a qualidade do trabalho, de forma geral.

Via de regra, nenhum dos seus perfis vai crescer e se tornar mais popular se as práticas do dia a dia e, principalmente, o conteúdo compartilhado não sejam de qualidade e relevantes para a sua persona.

Então, observar o crescimento — de preferência orgânico — serve para validar os esforços e ver se as táticas usadas funcionam em conjunto.

Seguindo o passo a passo que mostramos aqui e acompanhando essas métricas de redes sociais, a sua estratégia digital vai ficar muito mais forte e completa. Não se esqueça que o acompanhamento de indicadores de desempenho precisa ser contínuo para dar resultados de forma consistente, então isso deve fazer parte da rotina da empresa.

Uma das maneiras de manter seus perfis sociais sempre relevantes é criando um mapa de tópicos. Nunca pensou nisso? Entenda por que isso é importante e como definir o seu!

 

 

Conteúdo produzido pela equipe da Rock Content!

Sem comentários

Deixe um comentário

Experimente gratuitamente
clear

Desativar todos os cookies

Audiência

Os serviços de medição de audiência podem gerar estatísticas de visitantes úteis para melhorar o site.

Suivi comportemental

Removido

Autorizado

Afiliação

Removido

Autorizado