As suas opções para os cookies deste Website

Os cookies são essenciais para o funcionamento adequado dos nossos Websites. Utilizamos os cookies para melhorar a experiência do utilizador e, em particular, para guardar os seus detalhes de início de sessão, garantindo a confidencialidade dos seus dados, compilar estatísticas para otimizar as funcionalidades do nosso Website e propor-lhe conteúdo sempre muito relevante. Clique em 'Aceitar e Continuar' para aceitar os nossos cookies e continuar a navegar ou em 'Saber mais' para aceder aos detalhes dos tipos de cookies e optar por desativar alguns deles durante a sua navegação.

Saiba mais
  • Serviço de apoio ao cliente keyboard_arrow_down
0805 280 201 Ligação gratuita
done Seu endereço foi salvo
close
error_outline E-mail inválido
close
Experimente gratuitamente

Blog Mailify: O Email Marketing fácil de usar

Dicas para melhorar suas newsletters, atualidades sobre o nosso produto e tudo sobre e-mail marketing.

Por que sua empresa precisa de um blog

Por que sua empresa precisa de um blog

Uma estratégia eficiente de Marketing Digital precisa gerar demanda para a empresa, o que faz com que muitos profissionais e times de marketing explorem novos meios digitais para fazer essa captação.

O blog é uma das maneiras mais eficazes de atrair e transformar o público em oportunidades de negócio, pois, além de educar o mercado e gerar valor para a marca, a estratégia também consegue entregar o conteúdo certo dentro do momento de compra em que o seu potencial cliente está.

Para que você entenda mais sobre o assunto, fique conosco até o final deste conteúdo, que começa explicando como o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo funcionam para, assim, apontar as principais razões de sua empresa ter um blog. Vamos lá?

 

O que é Inbound Marketing?

 

O Inbound Marketing é um método de atrair, engajar, encantar e converter as pessoas que chegam à sua empresa por meio dos conteúdos dos seus canais digitais. À medida que a tecnologia muda, o Inbound guia uma abordagem para fazer negócios de uma maneira humana e útil.

A metodologia do Inbound Marketing é composta por três etapas: atração, engajamento e conversão. Assim, a estratégia de Inbound começa construindo confiança e credibilidade no seu público a partir de conteúdos úteis e informativos a fim de agregar valor em todas as etapas da jornada de compra dos seus clientes.

Do ponto de vista comercial, o Inbound Marketing contribui para o crescimento da sua empresa, visto que os prospects que já foram atraídos e engajados estarão mais dispostos a fechar negócios com você.

Além disso, esses clientes, uma vez satisfeitos, também poderão se tornar defensores da sua marca, recomendando-a a outras pessoas que poderão chegar a você intencionadas a conhecer a sua oferta ou, pelo menos, os seus conteúdos de topo e meio de funil caso ainda não estejam no momento de compra.

 

Como usar o Inbound Marketing em uma estratégia de Marketing?

 

Como dissemos anteriormente, profissionais de marketing têm como um de seus objetivos atrair novos potenciais clientes para sua empresa, interagir com eles em grande escala e encantá-los individualmente. Também é preciso estar em contato constante com suas equipes de vendas e serviços para manter o volante girando de maneira eficaz e ajudar o negócio a crescer.

A seguir, veja cada uma das etapas do funil de vendas e saiba como aplicar o Inbound Marketing à sua estratégia de marketing.

Atração

Você não quer que as pessoas apenas acessem o seu site e ponto final, certo? Você quer pessoas com maior probabilidade de se tornarem leads e, por fim, clientes satisfeitos. Porém, como consegui-los? Você pode atraí-los por meio de conteúdo relevante no momento certo da jornada de compra em que eles estão.

Engajamento

Uma vez que as pessoas acessarem os seus conteúdos e interagirem com você, use as conversas para criar relacionamentos duradouros com esses clientes em potencial por meio de e-mail, bots, bate-papo ao vivo ou aplicativos de mensagens. Use ferramentas de conversão — tais como CTAs e formulários — para capturar as informações das pessoas que visitaram o seu site e, assim, transformá-las em leads.

Um CRM facilita muito esse trabalho, pois conta com ferramentas que otimizam a experiência dos seus visitantes, além de permitir a criação de fluxos de nutrição de acordo com a etapa da jornada de compra em que a pessoa se encontra.

Conversão

Ao usar a automação de marketing, você consegue levar as suas leads para o caminho da conversão de acordo com o estágio do funil em que elas estão.

É muito importante um alinhamento entre marketing e vendas neste momento, pois os vendedores precisam entender bem o que levou as leads ao fundo do funil para ter um discurso comercial mais eficiente.

Caso a pessoa não se converta em cliente, ela poderá ser nutrida com mais conteúdo pelos seus canais online até estar preparado para comprar.

O que é Marketing de Conteúdo?

 

Como você percebeu, o conteúdo é a ferramenta mais importante do Inbound Marketing, o que torna o Marketing de Conteúdo parte integrante desse tipo de estratégia.

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público claramente definido — e, assim, aumentar as oportunidades de negócio.

Portanto, essa forma relativamente nova de marketing não envolve vendas diretas. Em vez disso, cria confiança e rapport com o público.

Ao contrário de outros formatos de Marketing Digital, o Marketing de Conteúdo tem como base entregar ao seu público-alvo, representado por uma persona, o que ele realmente precisa em vez de criar demanda por uma nova necessidade. Para isso, se faz necessária uma produção contínua de conteúdo e o principal canal em que esses conteúdos são publicados é o blog.

Os posts não são apenas textos bem-escritos publicados no seu blog corporativo, e sim, textos estratégicos que são compostos de acordo com os estágios do funil de vendas e com as CTAs certas que levem o visitante às etapas seguintes de engajamento e conversão.

Por que sua empresa precisa de um blog?

 

Conforme aponta a Content Trends 2018, 68,5% das médias empresas brasileiras publicam conteúdos em blogs por acreditarem na eficiência dessa estratégia.

Afinal, o número de visitantes e leads que ela gera para essas empresas é, respectivamente, 4 e 2 vezes maior em comparação com os negócios que ainda não adotaram esse tipo de ação. Isso mostra que ter um blog e publicar conteúdos nele de forma estratégica realmente traz resultados.

Portanto, trazemos aqui os outros cinco principais benefícios pelos quais a sua empresa também precisa de um blog.

1. Aumento da visibilidade

Para que você consiga gerar mais oportunidades de negócio nos meios digitais, o primeiro passo é que as pessoas encontrem você. Se a sua empresa tem um site, mas ele se encontra na décima página dos resultados de busca do Google, mesmo que seu público busque ofertas como a sua, acabará encontrando seus concorrentes e não você.

Contudo, você não deve depender unicamente do seu site institucional para ter visibilidade online, o blog pode fazer com que a sua empresa fique mais visível. Afinal, cada blog post é uma porta de entrada para o seu público conhecer a sua empresa.

Porém, para seus posts alcancem as pessoas certas, não basta publicá-los, é preciso também divulgá-los. Essa divulgação pode ser feita de diversas formas, tais como:

  • promovendo os artigos em mídia paga como Google Adwords e Facebook Ads;
  • compartilhando organicamente esses conteúdos nas redes sociais;
  • enviando o link dos seus novos artigos para a sua lista de contatos;
  • fazendo link building para que as pessoas acessem seu conteúdo a partir de outros posts;
  • fazendo guest post para que outros públicos conheçam seus conteúdos por meio de outros sites e blogs que tenham relevância.

Quanto maior for o número de pessoas que visitam os seus artigos, maior visibilidade terá a sua empresa e mais relevância ganhará o seu blog.

2. Geração de leads

A forma mais recorrente de gerar leads é a partir de uma landing page que entrega um material rico (como um e-book) em troca de informações sobre o visitante. O blog pode ser de grande ajuda nesse sentido, pois essas LPs podem ter seus links divulgados nos artigos responsáveis pela maior quantidade de acessos do seu blog.

Para saber quais artigos são esses, é fundamental que você tenha o Google Analytics configurado. Dentro de “comportamento”, é possível conferir quais blog posts atraem mais visitantes.

Além disso, você também pode inserir formulários de captura de leads dentro dos próprios posts se isso fizer sentido.

Por exemplo: uma empresa que oferece serviços de consultoria e produz um blog post sobre as vantagens da consultoria para pequenas empresas, pode inserir um formulário no final do post que diga: “Quer receber uma consultoria nossa na sua pequena empresa? Então, preencha este formulário que entraremos em contato!”.

3. Monetização

Além de poder trazer mais clientes para a sua empresa, um blog conta com outras formas de monetização.

É possível, por exemplo, ser remunerado por conta dos acessos diários que o seu blog recebe por meio do Google Adsense.

Ao criar a sua conta gratuitamente na ferramenta, você pode inserir o código do Google Adsense na barra lateral ou mesmo dentro dos posts para que sejam exibidos banners com publicidades de anunciantes do Google. Você é remunerado a partir das interações que o seu público tem com esses anúncios.

Outra forma de remuneração é a criação de artigos publieditoriais voltados a divulgação de uma marca ou produto específico. Assim, uma empresa que tem um blog de beleza, por exemplo, pode fazer um artigo publieditorial sobre um determinado cosmético.

Importante: deixe claro para o seu público que se trata de um post publieditorial. É recomendável criar uma categoria no seu blog somente para isso.

4. Educação do mercado

Educar o mercado é muito importante, pois isso faz o seu público-alvo conhecer melhor o seu nicho e, consequentemente, ver mais valor nas suas ofertas. Assim você se torna autoridade no assunto e, uma vez que o seu público esteja bem educado, mais próximo ele estará de se tornar um cliente seu.

Esperamos que, com essas quatro razões, você tenha entendido por que sua empresa precisa de um blog e também se sinta pronto e animado para começar o seu.

E, se quiser ver de perto um case de sucesso desse tipo de estratégia, confira este artigo sobre como a Rock Content conseguiu faturar 2 milhões de reais em três anos a partir de somente um blog post!

Conteúdo produzido pela Rock Content

 

 

 

 

 

 

Sem comentários

Deixe um comentário


Experimente gratuitamente