As suas opções para os cookies deste Website

Os cookies são essenciais para o bom funcionamento dos nossos sites.
Utilizamo-los para melhorar a sua experiência de utilizador e, em particular, para salvaguardar os seus identificadores. Asseguramos assim a confidencialidade dos seus dados, de modo a criar estatísticas que otimizem as funcionalidades do nosso site, e para lhe oferecer conteúdos cada vez mais relevantes. Clique em "Aceitar e continuar" para aceitar o funcionamento dos nossos cookies e continuar a navegar, ou em "Saiba mais" para aceder aos detalhes dos tipos de cookies e optar por desactivar alguns deles enquanto navega. Saiba mais

  • Serviço de apoio ao cliente keyboard_arrow_down
0805 280 201 Ligação gratuita
done Seu endereço foi salvo
close
error_outline E-mail inválido
close
Experimente gratuitamente

Blog Mailify: O Email Marketing fácil de usar

Dicas para melhorar suas newsletters, atualidades sobre o nosso produto e tudo sobre e-mail marketing.

5 plataformas para criar seu e-commerce

5 plataformas para criar seu e-commerce

Sabemos que encontrar empresas que criam lojas virtuais de qualidade é primordial para o sucesso de qualquer negócio. Neste artigo, vamos ajudá-lo a escolher a plataforma certa para o desenvolvimento de seu e-commerce.

O mercado digital tem crescido fervorosamente nos últimos anos. E, à medida que expande, aumenta também o número de empreendedores que enxergam na internet a oportunidade perfeita para se começar um novo negócio (ou alavancar algum já existente). 

As lojas virtuais ou e-commerces são excelentes investimentos para quem deseja conquistar mais clientes e vender online. Porém, para criar um negócio virtual de sucesso é preciso, primeiramente, escolher a plataforma de desenvolvimento de e-commerce certa. 

Existem diversas opções de plataformas pagas e gratuitas no mercado. Contudo, nem todas oferecem aquilo que sua loja realmente precisa. Por isso, para ajudar em sua decisão de escolha, falaremos sobre 5 delas: WooCommerce, Wix, Shopify, WordPress e C2TI. Provavelmente até ao final deste texto você já saberá qual delas é a mais adequada para desenvolver o seu negócio online.

 

WooCommerce

 

Com um grande público adepto aos seus serviços, a plataforma WooCommerce é um plugin do WordPress que foi trazido para o Brasil em 2011. Esta plataforma possibilita a criação gratuita de um ambiente de compra e venda virtual. 

Esta opção é recomendável para quem possui conhecimentos em códigos HTML. Isto porque você mesmo pode desenvolver a sua loja, inserindo códigos e personalizando a sua página. 

 

Wix

 

Uma das plataformas mais conhecidas e utilizadas por quem não tem muita experiência no ramo. Além de ser gratuita, disponibiliza diversos templates prontos e conta com um bom editor. Mas, assim como muitas plataformas gratuitas, não inclui certas funcionalidades que só se encontram disponíveis em plataformas pagas.

Para montar um site de vendas sozinho é preciso, além de alguns conhecimentos básicos, muita paciência e horas de dedicação. Afinal de contas, você não quer transmitir ao seu cliente inexperiência ou falta de profissionalismo. 

 

Shopify 

 

A plataforma canadense Shopify oferece vários serviços de desenvolvimento de e-commerce. Estes vão desde a personalização do layout até à integração com as mídias sociais. Para construir o seu negócio nesta empresa é preciso pagar uma mensalidade e também uma taxa de transação – que pode variar de acordo com o plano escolhido. 

 

WordPress

 

Esta plataforma é um sistema de gerenciamento de conteúdo que foi inicialmente desenvolvida para blogs. Porém, passando por muitas atualizações, hoje já atende lojas virtuais. 

O custo para abrir um e-commerce no WordPress não é alto, e você mesmo será o responsável pelo desenvolvimento de sua loja. Para criar uma página chamativa e com configurações essenciais para um bom funcionamento, é aconselhável que você possua conhecimentos básicos de programação.

Nesta ferramenta há uma infinidade de temas gratuitos que, de fato, são excelentes para quem não tem domínio em técnicas de design. Contudo, a desvantagem em usar templates prontos é que alguém na web pode ter um e-commerce exatamente como o seu. 

Há outros plugins ligados ao WordPress que são destinados à criação de e-commerces. Como, por exemplo: Jugoshop e WP E-commerce, ambos gratuitos. 

 

5. C2TI 

 

Se você não quer quebrar a cabeça criando o seu site de vendas sozinho, existem empresas que fazem isso por você. É o caso da C2TI, uma plataforma profissional de desenvolvimento de e-commerce e sites institucionais. Uma plataforma que entende o seu objetivo, personaliza a sua página… e lhe entrega uma loja virtual devidamente configurada e otimizada para o sucesso.    

Existem vantagens em contratar especialistas para criar seu site de vendas. Como, por exemplo, a possibilidade de desenvolver páginas inéditas, atraentes e sem nenhuma preocupação.

E agora? Qual delas escolher? 

Certamente você já deve estar pensando que o melhor para seu empreendimento é escolher uma plataforma gratuita, não é mesmo? De fato, a grande vantagem desta opção é o seu baixo custo. Mas, como nem tudo são flores, depois de um tempo utilizando versões gratuitas de muitas plataformas espalhadas pela internet, o usuário já passa a identificar situações que fogem de seu controle, como por exemplo: 

  • O domínio de seu site contém também o nome da plataforma de desenvolvimento; 
  • A impossibilidade de instalar certos plug-ins.  

Tais ocorrências são indesejáveis e podem afetar o sucesso de seu e-commerce. Isto passa para os visitantes uma sensação de insegurança. Desse modo, se você quer mesmo utilizar a internet para crescer profissionalmente, uma boa ideia é contratar uma empresa profissional para desenvolver a sua loja virtual. Assim você terá a certeza de que todas as configurações necessárias para que a sua loja online venda bem estarão funcionando perfeitamente.  

No entanto, lembre-se que montar um e-commerce não acaba logo na escolha de uma boa plataforma. É preciso adotar uma série de estratégias para manter seu negócio online sempre à frente de seus concorrentes. Por isso, não deixe de conferir as 11 dicas essenciais para garantir o sucesso de seu e-commerce.

Texto da autoria de: C2TI

 

 

Sem comentários

Deixe um comentário


Experimente gratuitamente